Violência em Jerusalém. Vem aí a terceira intifada? - Plataforma Media

Violência em Jerusalém. Vem aí a terceira intifada?

Piores confrontos entre israelitas e palestinianos desde 2017. Mais de 300 feridos junto à mesquita de Al-Aqsa. Hamas lançou rockets e Israel respondeu com ataque aéreo.

O movimento islamita do Hamas lançou ontem rockets desde a Faixa de Gaza, fazendo soar as sirenes em Jerusalém, num dia que começou com confrontos entre os palestinianos e as forças de segurança israelitas junto à mesquita de Al-Aqsa. Israel respondeu com um ataque aéreo, que terá resultado na morte de nove pessoas, entre elas três crianças. O escalar da violência, o mais grave em Jerusalém desde o verão de 2017 (quando dois polícias israelitas foram mortos), faz temer o início da terceira intifada.

A violência que começou por causa das restrições que os israelitas tentaram impor no início do Ramadão, mês sagrado para os muçulmanos, e se intensificou pela decisão judicial de expulsar famílias palestinianas das suas casas, parece descontrolada. “Estamos numa luta que se estende por várias frentes: em Jerusalém, Gaza e noutras partes do país”, disse ontem o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu. “Quem nos atacar, irá pagar um preço elevado”, acrescentou, alegando que os “terroristas” passaram “uma linha vermelha”.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter