Príncipe acusado de matar Artur, um dos maiores ursos da UE - Plataforma Media

Príncipe acusado de matar Artur, um dos maiores ursos da UE

Um príncipe do Liechtenstein é acusado de ter matado o maior urso já avistado na Roménia e um dos maiores existentes na União Europeia.

A denúncia parte de ativistas defensores da vida animal: o príncipe Emanuel von und zu Liechtenstein obteve licença para matar uma fêmea de urso que causou danos em algumas quintas na Roménia. E a caçada ocorreu em março numa área protegida das Montanhas Cárpatos. Mas o animal que o príncipe matou a tiro foi Artur, um urso castanho de 17 anos que era o maior desta espécie já avistado na Roménia e um dos maiores na União Europeia.

“Eu questiono como o príncipe pode confundir uma ursa que anda perto da aldeia com o maior macho que existiu nas profundezas da floresta”, afirma Gabriel Paun, presidente da associação “Agent Green”, citado pelo “The Guardian”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter