Lula avança sobre aliados de Bolsonaro em articulações para eleições de 2022 - Plataforma Media

Lula avança sobre aliados de Bolsonaro em articulações para eleições de 2022

Conversas incluem Kassab, cujo partido está no governo, e Pacheco, eleito presidente do Senado com apoio do Planalto.

Em Brasília pela primeira vez desde que retomou seus direitos políticos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se lançou numa ofensiva para as eleições de 2022 que avança sobre aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Desde segunda-feira (3), o petista tem tido conversas no “bunker” que montou em um hotel na região central da capital federal, a apenas três quilômetros do Congresso Nacional. Ele vem falando não apenas com nomes mais à esquerda do espectro político.

Nesta quarta-feira (5), recebeu o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab. Nesta quinta (6), pode encontrar com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Maia chegou ao hotel pouco antes das 9h e teve uma conversa de quase duas horas com Lula.

O deputado e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, devem deixar o DEM e ingressar no PSD —já houve a possibilidade de irem para o MDB e para o PSDB. Os dois, inclusive, têm uma conversa na sexta-feira (7) para discutir a mudança de sigla.

Sem necessidade de esperar a abertura de uma janela para a troca partidária, Paes já sacramentou a mudança para o PSD. O anúncio ocorreu no mesmo dia em que o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, que é do DEM, prestou depoimento à CPI da Covid no Senado.

Ao optar pelo PSD em vez do PSDB, o prefeito do Rio deixa claro que não está disposto a confrontar Bolsonaro. Sem outra opção no estado, Paes e Maia poderiam, porém, integrar o projeto de uma frente ampla no Rio de Janeiro, unindo partidos anti-Bolsonaro no reduto eleitoral do presidente da República.

Por enquanto, o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) é o favorito para disputar por esta frente o Governo do Rio de Janeiro, enfrentando o nome que dará palanque para Bolsonaro.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilPolítica

Bolsonaro testa negativo para covid, mas sobem para quatro os casos na comitiva

BrasilPolítica

Bolsonaro envia nova iniciativa ao Congresso para impedir eliminação "arbitrária" nas redes sociais

BrasilPolítica

Reprovação de Bolsonaro atinge o pior nível desde início do mandato

BrasilPolítica

Juristas defendem que Bolsonaro deve ser indiciado por crimes na pandemia

Assine nossa Newsletter