Não há “bolha de viagem” para Hong Kong, pelo menos para já

Não há “bolha de viagem” para Hong Kong, pelo menos para já

Para já não há qualquer novidade em relação a uma possível “bolha de viagem” – ou “corredor exclusivo” com Hong Kong.

Questionadas quanto às palavras da secretária da saúde da região vizinha que tinha dito que a partir de meados de Maio os residentes de Macau vão deixar de ter que fazer quarentena à chegada a Hong Kong, as autoridades aqui no território não deram uma resposta concreta.

Dizem apenas que estão a acompanhar a situação.

A médica Coordenadora do Núcleo de Prevenção, Doenças Infecciosas e Vigilância da Doença Leong Iek Hou lembrou hoje que Hong Kong ainda não é considerado um local de baixo risco de infecção.

Na conferência de imprensa semanal sobre a situação pandémica, as autoridades revelaram que as pessoas que cheguem a Macau vindas de Hong Kong deixam de ter que completar um período de sete dias de autogestão de saúde, após cumpridos os 14 dias de quarentena.

Leia mais em TDM

Related posts
MacauPortugal

Quarentena de 21 dias mantém-se para quem vem de Portugal

MacauPolítica

Fronteiras: Macau tem um longo caminho pela frente

MacauSociedade

Marcações disponíveis no Hotel Tesouro para quem vem da Europa

MacauSociedade

Saúde de Macau rejeita vacinação ou teste obrigatório em crianças

Assine nossa Newsletter