Sobe para 10 número de mortos devido a bebida alcoólica adulterada em Luanda - Plataforma Media

Sobe para 10 número de mortos devido a bebida alcoólica adulterada em Luanda

As vítimas têm idades entre 14 e 59 anos e entre estas estará o fornecedor dos ingredientes.

O número de vítimas mortais da ingestão de uma “caipirinha” adulterada feita com combustível, nos arredores de Luanda, aumentou para 10, segundo autoridades locais citadas pela Rádio Nacional de Angola.

O caso ocorrido no bairro da Caop, em Viana, segundo noticiou hoje a rádio pública angolana, envolve uma mistura tóxica de bebidas a qual foi dado o nome de “caipirinha do azar”, composta por “água do chefe” [bebida artesanal destilada, feita de açúcar e fermento], capassarinho [um fruto com efeito alucinogénio] e combustível JET A1, para aviões.

Segundo informações recolhidas pela RNA junto da administração do município de Viana, que confirmou a existência de mais duas vítimas mortais a acrescentar ao interior balanço.

Leia mais em TSF

Related posts
AngolaPolítica

José Eduardo dos Santos regressa hoje a Luanda após dois anos de ausência

AngolaSociedade

Governo angolano alivia restrições e reabre restauração em Luanda ao fim de semana

AngolaSociedade

TAP reforça ligações a Luanda com terceiro voo a partir de sábado

AngolaPolítica

Macro-drenagem e lixo entre as prioridades da nova governadora de Luanda

Assine nossa Newsletter