Governo português quer aumento de cerca de 40 euros no salário mínimo em 2022 - Plataforma Media

Governo português quer aumento de cerca de 40 euros no salário mínimo em 2022

Subida elevaria o montante mensal para os 705 euros, chegando aos 750 euros em 2023. Acréscimo será igual tanto para o privado como para a função pública.

O salário mínimo nacional deverá subir cerca de 40 euros no próximo ano, um acréscimo de perto de 6% face aos atuais 665 euros. A informação foi avançada ao Dinheiro Vivo por fonte oficial do Ministério das Finanças. Este aumento elevaria o montante para os 705 euros por mês.

A promessa de chegar aos 750 euros por mês no final da legislatura, em 2023, consta do Programa do Governo. “Aprofundar a trajetória plurianual de atualização real do salário mínimo nacional, de forma faseada, previsível e sustentada, evoluindo em cada ano em função da dinâmica do emprego e do crescimento económico, com o objetivo de atingir os 750 euros em 2023”, lê-se no documento. Um objetivo reafirmado ainda no início deste ano quando o executivo anunciou o aumento para os 665 euros.

De acordo com fonte oficial do gabinete de João Leão, prevê-se “um aumento de cerca de 6% da própria remuneração mínima mensal garantida (RMMG) em cada ano”, atingindo “os 750 euros/mês até 2023.”

Tendo em conta estes valores, o salário mínimo terá um aumento de 49% face a 2015 quando o PS assumiu a liderança do executivo com o apoio do BE e do PCP, na chamada “geringonça”. Em termos relativos, os acréscimos previstos para os próximos dois anos serão também os mais generosos das duas legislaturas lideradas por António Costa.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
PolíticaPortugal

Bruxelas lamenta falta de acordo no Conselho sobre salários mínimos

EconomiaMoçambique

Negociações sobre salário mínimo em Moçambique retomadas em junho

EconomiaPortugal

Governo português quer função pública de volta ao salário mínimo

EconomiaPortugal

Governo dá luz verde a novo salário mínimo de 665 euros

Assine nossa Newsletter