Supremo suspende decretos de Bolsonaro que flexibilizam compra de armas - Plataforma Media

Supremo suspende decretos de Bolsonaro que flexibilizam compra de armas

Uma juíza do Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro suspendeu na segunda-feira partes de decretos assinados pelo Presidente do país, Jair Bolsonaro, que permitiam a flexibilização da compra e uso de armas, e que entram hoje em vigor.

A magistrada Rosa Weber, um dos onze membros da mais alta instância da justiça brasileira, deixou sem efeito alguns trechos de quatro decretos aprovados em fevereiro último pelo Presidente de extrema-direita para ampliar o acesso a armas no Brasil.

Entre outros aspetos, a decisão de Rosa Weber suspende um dos decretos que permitia aumentar de quatro para seis o número máximo de armas de fogo em posse de uma só pessoa, desde que obtenha os requisitos necessários para a obtenção do Certificado de Registo de Armas de Fogo.

A juíza também suspendeu a norma que ampliava significativamente o limite de aquisição de armas e munições por parte de caçadores, atiradores e colecionadores, entre outros pontos.

A medida cautelar foi adotada por Rosa Weber poucas horas antes da entrada em vigor dos decretos e deverá agora ser analisada pelo plenário do STF.

Flexibilizar a posse e aquisição de armas é uma das promessas feitas na campanha eleitoral de Bolsonaro, um confesso admirador de ditaduras militares de direita que imperaram na América Latina durante o século passado e cujo modelo de armamento são os Estados Unidos.

Desde que assumiu o poder em janeiro de 2019, Bolsonaro, capitão da reserva do Exército, tem impulsionado diversas medidas para promover a “autodefesa” da sociedade.

Apesar de muitas dessas iniciativas terem sido derrubadas pelos poderes legislativo e judiciário, os registos de armas de fogo no Brasil triplicam entre 2018 e 2020.

Apenas em 2020, em plena pandemia do covid-19, as vendas de armas no país cresceram 90%, conforme indicou o próprio chefe de Estado.

Related posts
BrasilPolítica

Bolsonaro publica vídeo com ataques a Lula antes da campanha

BrasilPolítica

Bolsonaro apresenta melhoras clínicas. Médico decidirá sobre cirurgia

BrasilSociedade

Bolsonaro divulga vídeo onde homem descreve vacinas como "porcaria"

BrasilLifestyle

Bolsonaro festeja eleição como "personalidade do ano" pela Time

Assine nossa Newsletter