Casa inteligente. Mercado cresce a dois dígitos com maior procura por automação - Plataforma Media

Casa inteligente. Mercado cresce a dois dígitos com maior procura por automação

Venderam-se 801,5 milhões de dispositivos “smart home” em 2020 e a tendência é de aceleração.

O interesse dos consumidores em automatizar funcionalidades em casa e otimizar a sua experiência de computação vai traduzir-se num aumento expressivo da venda de dispositivos inteligentes nos próximos quatro anos. Depois de 801,5 milhões de aparelhos “smart home” vendidos em 2020, o que representa um aumento de 4,5% face ao ano anterior, a IDC prevê que o mercado vai crescer a dois dígitos até 2025, atingindo os 1,4 mil milhões de dispositivos. A Google e a Amazon são as marcas dominantes.

“As vendas de dispositivos da casa inteligente mantiveram-se bastante resilientes durante a pandemia de covid-19”, afirmou Adam Wright, analista sénior de Smart Home na IDC. O especialista sublinhou que, embora o mercado tenha enfrentado desafios em 2020 devido ao elevado desemprego, a recuperação económica desigual e as medidas de confinamento, todas as categorias de dispositivos da casa inteligente cresceram. O entretenimento vídeo (com televisões 8K e integradas) representou a maior fatia (37%), seguido da videovigilância doméstica (20,5%) e altifalantes inteligentes (16,3%). Todas as outras categorias, como lâmpadas e frigoríficos inteligentes, somaram 26,2%.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
Lifestyle

Facebook exime grupo seleto de algumas regras

LifestylePortugal

Empresa portuguesa cria saco de lavar a roupa que retém microplásticos

Mundo

Software espião israelita usado contra jornalistas, políticos e ativistas

ChinaFuturo

Pequim lança ataque público às gigantes de tecnologia

Assine nossa Newsletter