Por conta da pandemia, FMI e Banco Mundial querem prorrogar dívidas de pobres - Plataforma Media

Por conta da pandemia, FMI e Banco Mundial querem prorrogar dívidas de pobres

Dois dos maiores entusiastas do programa de suspensão do pagamento de dívidas de países pobres por causa da pandemia, o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional (FMI) vão propor ao grupo das 20 economias mais ricas do globo (G-20) que prorrogue o programa, conhecido pela sigla em inglês DSSI, até o fim do ano. Depois, no entanto, acreditam que o melhor a fazer é cancelar a iniciativa para começar a tratar os casos de forma individual.

A proposta será apresentada ao G-20 em abril, durante a reunião de primavera do FMI, de acordo com o diretor global de práticas globais de Macroeconomia, Comércio e Investimento (MTI, na sigla em inglês) do Banco Mundial, Marcello Estevão, em entrevista ao Estadão/Broadcast. “Estamos escrevendo um relatório conjunto com o FMI com a sugestão ao G-20 de estender o programa por mais seis meses”, explicou. A ideia de encerrar o programa em dezembro se dá, segundo o diretor, porque o DSSI não resolve os problemas de fundamentos das dívidas desses países. Para o FMI e o Banco Mundial, de acordo com Estevão, muitos países precisam passar por uma reestruturação de seus débitos para que possam manejá-los de forma sustentável pelos próximos anos.

Leia mais em Istoé

Related posts
AngolaEconomia

FMI avalia programa de Angola “no bom caminho”, mas com “riscos elevados”

AngolaEconomia

FMI aprova quinta revisão do programa de ajuda a Angola

BrasilEconomia

FMI: Maioria do apoio financeiro na pandemia foi para a América Latina

ChinaEconomia

China diz que 'novo capital' do FMI deve ser distribuído pelos países africanos

Assine nossa Newsletter