Transporte marítimo é o mais usado para contrafação. China foi principal país de origem - Plataforma Media

Transporte marítimo é o mais usado para contrafação. China foi principal país de origem

Mais de metade do valor total de produtos contrafeitos apreendidos foi transportado pelo mar, aponta um relatório conjunto entre a OCDE e a EUIPO.

O transporte marítimo continua a ser a principal via para transporte de produtos contrafeitos. De acordo com um relatório conjunto da OCDE e a EUIPO, o Instituto de Propriedade Intelectual da União Europeia, entre 2014 e 2016, mais de metade do valor total de produtos contrafeitos apreendidos pelas autoridades foi transportado por via marítima.

Segundo os dados de 2016, 56% do total de produtos contrafeitos foram transportados em contentores. A China foi o país de onde partiram mais contentores, representando 79% do valor total de produtos contrafeitos. Países como a Índia, Malásia, México, Singapura, Tailândia, Turquia ou os Emirados Árabes Unidos também estão no topo da lista de origem de produtos contrafeitos.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
ChinaEconomia

OCDE diz que África está a perder vantagens na sua relação com a China

EconomiaMundo

Acordo histórico de tributação global para multinacionais é fechado por 130 países

BrasilSociedade

Senado do Brasil pede ajuda internacional e alerta para risco que país representa

BrasilSociedade

No Brasil há um computador para 10 alunos, a pior média em 79 países

Assine nossa Newsletter