Covid-19: OMS começa a deixar a China sem resultados conclusivos - Plataforma Media

Covid-19: OMS começa a deixar a China sem resultados conclusivos

Especialistas da missão da Organização Mundial da Saúde (OMS) encarregados de investigar as origens do novo coronavírus começaram ontem a deixar a China, país que consideram o “início do caminho” para desvendar a origem da covid-19.

“A equipa está a trabalhar até sair [da China]. Este é apenas o início do caminho, com muito trabalho a ser feito, seguindo as pistas dos nossos colegas chineses”, afirmou ontem o britânico Peter Daszak, membro da missão, na rede social Twitter. “Muito orgulhoso das nossas conquistas e realista sobre o percurso que nos espera”, acrescentou.

Também Marion Koopmans, virologista holandesa, declarou-se “exausta”, mas comemorou a missão de 27 dias em Wuhan, a cidade chinesa onde foram diagnosticados os primeiros casos de covid-19. “Estou realmente ansiosa para dar os próximos passos”, escreveu no Twitter.

A epidemiologista dinamarquesa Thea K. Fischer, que considerou na mesma rede social que a missão foi uma “experiência única”, apontou duas teorias preliminares sobre as origens do vírus: através de um animal que serviu de hospedeiro intermediário para humanos ou através de algum alimento congelado.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MundoSociedade

OMS apela a união mundial para melhor combater futuras pandemias

MundoSociedade

Ainda não há indícios que variante Ómicron provoque casos mais graves

ChinaSociedade

Primeiro caso de covid-19 identificado em Wuhan data de alguns dias depois

Mundo

OMS aguarda segunda geração de vacinas anticovid, mais fáceis de administrar

Assine nossa Newsletter