Mundo deve preparar próxima pandemia "como se fosse uma guerra" - Plataforma Media

Mundo deve preparar próxima pandemia “como se fosse uma guerra”

O multimilionário defende a instalação de um “sistema de alerta global”, para despistar epidemias o mais cedo possível e a criação de “bombeiros da pandemia”, uma força de reação rápida para as doenças infecciosas.

Bill Gates considera que o mundo deve preparar-se desde já para a próxima pandemia, como se se preparasse para uma guerra, o que deve implicar investimentos de dezena de milhares de milhões de dólares por ano.

“Não nos podemos permitir ser apanhados novamente desprevenidos. A ameaça da próxima pandemia pairará sempre por cima das nossas cabeças — a menos que o mundo tome medidas para a impedir”, escreve o multimilionário numa “carta anual” assinada em conjunto com a esposa, Melinda.

Para evitar problemas similares aos do coronavirus, “a preparação para a próxima pandemia deve ser levada tão a sério como a ameaça de uma guerra”.

O cofundador e antigo dirigente da Microsoft realçou que “parar a próxima pandemia vai exigir que se invistam dezenas de milhares de milhões de dólares por ano, mas recorde-se que o custo da pandemia da Covid-19 para o mundo inteiro está estimado em 28 mil milhões de dólares” (23 mil milhões de euros).

“O mundo deve gastar milhares de milhões para poupar biliões (e impedir milhões de mortes). Penso que é a melhor e a mais rentável política de seguro que o mundo se pode pagar”, escreveu.

Leia mais em TSF

Related posts
MundoSociedade

Opas tenta desenvolver teste que detecte covid-19 e gripe ao mesmo tempo

BrasilPolítica

Relatório da CPI fará acusações duras contra Bolsonaro

MundoPolítica

Governos usaram pandemia para reprimir liberdade de expressão

MundoSociedade

Seis em cada sete infecções de Covid-19 em África não são detetadas

Assine nossa Newsletter