Bolsonaro afaga China e agradece liberação de insumo para Coronavac - Plataforma Media

Bolsonaro afaga China e agradece liberação de insumo para Coronavac

Presidente tenta reagir à queda de popularidade; país asiático anuncia aval para exportação de matéria prima da vacina

Pressionado pelo atraso no início da vacinação no Brasil e pela queda em sua popularidade, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afagou nesta segunda (25) o governo chinês —frequentemente atacado por uma ala do bolsonarismo— por ter dado sinal verde ao envio de um lote de insumos da Coronavac.

O presidente ainda agradeceu a colaboração da China. Autoridades do país asiático autorizaram a exportação de 5.400 litros de insumos do imunizante da chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Em outra frente, o ministro Paulo Guedes (Economia) defendeu a vacinação em massa no país. Segundo ele, a imunização é fundamental para a retomada da atividade econômica.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

No auge da pandemia, Bolsonaro volta a criticar isolamento e diz que 'vírus acabou' até o final do ano

BrasilPolítica

Bolsonaro fala em 'vírus do pavor' e diz que parece que só morre gente de Covid-19 no Brasil

BrasilPolítica

Bolsonaro perde terreno em sua base e vê impulso de Lula em popularidade digital

BrasilPolítica

'No que depender de mim nunca teremos lockdown', diz Bolsonaro

Assine nossa Newsletter