Perto de 266 mil cidadãos foram registados no país - Plataforma Media

Perto de 266 mil cidadãos foram registados no país

Só em Dezembro último, foram feitos 265.934 registos de nascimentos e atribuídos, pela primeira vez, 123.798 Bilhetes de Identidade (BI), revelou, esta sexta-feira, em Luanda, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos.

Francisco Queiroz, que apresentou os dados durante a sexta reunião mensal de balanço do Programa de Massificação do Registo de Nascimento e Atribuição do BI, disse que, com estes números, foram registados, desde o início do programa, há um ano, 2.179.313 cidadãos e outros 1.098.703 receberam, pela primeira vez, o BI.

O programa, disse, abrangeu um total de 480 localidades, entre aldeias e bairros. No estrangeiro foram atribuídos, pela primeira vez, 145 BI, num processo que, no ano passado, ficou marcado por um “grande espírito de persistência”. “Apesar dos constrangimentos resultantes da pandemia da Covid-19, foi possível consolidar o programa”, realçou. 

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaSociedade

“Luanda precisa de um roteiro turístico”

AngolaSociedade

Primeiras pessoas vacinadas não relatam efeitos colaterais

AngolaSociedade

Aumentam crianças arrastadas para as vigílias no “Morro dos Veados”

Angola

Supermercados Kero podem ter novos donos este ano

Assine nossa Newsletter