Pandemia aumenta dívida de África para 70% do PIB - Plataforma Media

Pandemia aumenta dívida de África para 70% do PIB

A Covid-19 deverá fazer aumentar a dívida de África para cerca de 70% do Produto Interno Bruto (PIB), conclui um relatório apresentado terça-feira e que considera a pandemia “uma ameaça sem precedentes” para o financiamento ao continente.

“A Covid-19 representa uma ameaça sem precedentes para o financiamento do desenvolvimento de África ao criar novos riscos e exacerbar as vulnerabilidades pré-existentes”, adianta o documento, uma parceria da União Africana (UA) e da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Na sua terceira edição, o relatório sobre as dinâmicas de desenvolvimento em África examina como a transformação digital do continente pode apoiar a criação de empregos em larga escala e gerar novas oportunidades para os jovens.

De acordo com o documento, entre 2019 e 2020, a relação entre os impostos e PIB deverá diminuir em cerca de 10% em pelo menos 22 países africanos, o total das poupanças nacionais poderá cair 18%, as remessas 25% e o investimento directo estrangeiro 40%.

A maioria dos países africanos enfrenta a primeira recessão em 25 anos, com as previsões a apontarem para uma diminuição do crescimento económico em 41 dos 54 países em 2020, quando na crise financeira de 2009 apenas 11 países entraram em recessão.

Leia mais em Jornal de Angola

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
EconomiaMundo

Pandemia, políticas e apoios ditam recuperação em África

EconomiaMundo

Falta de vacinas em África ameaça a recuperação económica mundial

MundoSociedade

Mais países africanos recebem primeiras doses de imunizantes

MundoSociedade

África Austral: Insegurança alimentar afeta mais de 51 milhões de pessoas

Assine nossa Newsletter