Pazuello mente ao dizer que tem vacina em mãos e acusa Doria de marketing - Plataforma Media

Pazuello mente ao dizer que tem vacina em mãos e acusa Doria de marketing

Ministro diz que começa a distribuir a todos os estados nesta segunda e prevê vacinação quarta.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou neste domingo (17) que o governo federal tem em mãos vacinas do Butantan e da AstraZeneca, apesar de a pasta ainda não contar com nenhuma dose disponível. Ele ainda criticou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que iniciou a vacinação no estado neste domingo (17).

“O Ministério da Saúde tem em mãos, neste instante, as vacinas, tanto do Butantan quanto da AstraZeneca [em parceria com a Fiocruz]. E nós poderíamos, num ato simbólico, ou numa jogada de marketing, iniciar a primeira dose em uma pessoa. Mas em respeito a todos os governadores, prefeitos e todos os brasileiros, o Ministério da Saúde não fará isso”, disse o ministro em entrevista no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, no Rio de Janeiro.

Ele afirmou que o governo federal determinou por medida provisória que a coordenação do plano nacional de vacinação seja executada pelo Ministério da Saúde, em plano apresentado ao STF, lançado de maneira solene no Palácio do Planalto, por todos os governadores.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilEconomia

Novas restrições devem aumentar número de desempregados e falências

BrasilSociedade

Covid-19: Instituto brasileiro quer testar em humanos soro feito de plasma de cavalos

MundoReligião

Covid-19: Dalai Lama vacina-se e insta mais pessoas a ter "a coragem" de o fazer

BrasilDesporto

'Dói, mas precisamos parar', diz presidente do Santos sobre futebol na pandemia

Assine nossa Newsletter