Marcelo Rebelo de Sousa admite "confinamento muito mais rigoroso" - Plataforma Media

Marcelo Rebelo de Sousa admite “confinamento muito mais rigoroso”

O Presidente da República antecipou hoje dois cenários em relação às medidas de combate à pandemia de covid-19, admitindo que se as infeções se mantiverem nos valores mais recentes será necessário ponderar um “confinamento muito mais rigoroso”.

“O primeiro cenário é de regressarmos a quatro mil, cinco mil, seis mil casos por dia”, o que se traduz numa “redução do número de casos destes últimos dois dias” (em que os novos contágios diários rondavam os 10 mil), e isso “significaria regressar àquilo que era o regime vigente até agora”, apontou o Presidente.

Já no caso de a evolução da pandemia “continuar neste ritmo mais elevado”, alertou Marcelo Rebelo de Sousa, “então aí vai ter que se ponderar um confinamento muito mais rigoroso, exceto por ventura o encerramento de escolas”.

“Sobre isso serão ouvidos os partidos por duas vezes, antes da sessão epidemiológica [de terça-feira] pelo primeiro-ministro, depois da sessão epidemiológica pelo Presidente da República”, assinalou, apontando que a sua decisão será “levada ao parlamento, que autorizará”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Quase menos 200 mil consultas e menos 21 mil cirurgias só em janeiro

PolíticaPortugal

Mais de metade da população considera que os políticos não devem ter prioridade na vacinação

PortugalSociedade

Reino Unido e Itália com mais impacto no início da pandemia em Portugal

PortugalSociedade

46% dos portugueses antecipam confinamento até à Páscoa

Assine nossa Newsletter