Milos Perisic: “A agricultura é uma das grandes áreas de cooperação que permite ganhos comuns” - Plataforma Media

Milos Perisic: “A agricultura é uma das grandes áreas de cooperação que permite ganhos comuns”

O embaixador da Sérvia em Angola, Milos Perisic, destacou que vai priorizar a cooperação económica durante a sua missão. Em entrevista ao Jornal de Angola, Milos Perisic, que apresentou as cartas credenciais ao Presidente da República, em Outubro deste ano, apontou a Agricultura como um dos sectores que estará no centro das atenções na cooperação entre os dois países

Pode falar-nos da sua missão em Angola?
Esta é a minha primeira vez estar em Angola. Apresentei as minhas cartas credenciais ao Presidente da República, João Lourenço, no dia  22 de Outubro deste ano. Comecei o meu trabalho como embaixador da Sérvia na República de Angola num momento em que celebramos 45 anos da existência das nossas relações diplomáticas. Nós reconhecemos a Independência de Angola imediatamente depois da proclamação da Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975. Eu gostaria de aproveitar esta oportunidade para felicitar o povo e o Governo angolano pela celebração dos 45 anos da Independência Nacional. Celebramos também 45 anos de existência das nossas relações, o que é bom e no futuro vamos continuar a estabelecer a cooperação entre os dois países. A nossa missão aqui é de continuar a promover e melhorar as relações de cooperação entre a Sérvia e Angola. Estamos a cooperar nos domínios da Defesa, Economia e Educação e noutros domínios. O nosso trabalho é tornar as relações mais fortes.

Como avalia as relações políticas e diplomáticas entre Angola e Sérvia?
Como sabe, temos 45 anos de relações diplomáticas entre os dois países, mas as nossas relações são antigas, desde a luta anti-colonial e movimentos de libertação nacional em África e no mundo. Desde o início, tivemos boas relações diplomáticas. Ao longo dos 45 anos de existên-cia das relações diplomáticas, os dois países apoiaram-se mutuamente nas relações bilaterais e multilaterais em todas as áreas de cooperação com interesse mútuo. Com as reformas que estão a ser introduzidas pelo Presidente João Lourenço, Angola vai ser um grande país. Trocamos sempre visitas bilaterais.

Leia mais em Jornal de Angola.

Related posts
BrasilGuiné-Bissau

Guiné-Bissau e Brasil assinam acordos de cooperação técnica em várias áreas

PolíticaPortugal

Portugal reafirma compromisso de continuar a apoiar Timor-Leste

ChinaSociedade

Soromenho-Marques diz que “China nunca bateu com a porta” à cooperação

ChinaMundo

Enviado dos EUA exorta Pequim a cooperar com Washington nas questões climáticas

Assine nossa Newsletter