Jorge Soares Silva vence Prémio Literário Arnaldo França - Plataforma Media

Jorge Soares Silva vence Prémio Literário Arnaldo França

Cabo-verdiano ganha prémio com obra sobre a vivência da diáspora do país em Angola

O escritor cabo-verdiano Jorge Soares Silva é o vencedor da 3.ª edição do Prémio Literário Arnaldo França de 2020, atribuído pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda, de Portugal, em parceria com a Imprensa Nacional de Cabo Verde, avança o portal Voa Português.

A obra literária “Mundo” é o trabalho galardoado este ano. O prémio, dirigido a cidadãos cabo-verdianos, teve um juri composto pelo escritor cabo-verdiano Germano Almeida – Prémio Camões em 2018 -, pela editora-chefe da Imprensa Nacional, Paula Mendes e pelo académico Daniel Medina.

Na atribuição do galardão o juri considerou tratar-se de “um texto que refere com consistência a vivência do homem cabo-verdiano quer em Cabo Verde quer na diáspora, neste caso Angola, porém de uma forma leve, alegre e bem humorada, características normalmente ausentes da literatura cabo-verdiana”.

Jorge Soares Silva é um nome conhecido da literatura lusófona e costuma escrever muito sobre os cabo-verdianos e sobre Angola, país onde viveu até 1975. Membro fundador da Sociedade Cabo-verdiana de Autores, da Associação de Escritores Cabo-verdianos e da Academia Cabo-verdiana de Letras, Jorge Soares Silva tem já concluída outra obra, agora sobre os cabo-verdianos em São Tomé e Príncipe.

Artigos relacionados
CulturaMundo

Wole Soyinka, primeiro negro vencedor do Nobel da Literatura, quer Trump banido da política

BrasilCultura

Governo Bolsonaro critica reedição de Monteiro Lobato que suprime trechos racistas

CulturaLusofonia

Escritor angolano premiado acusado de plagiar conto brasileiro

BrasilCultura

Clarice Lispector faria hoje 100 anos: artistas interpretam textos da escritora

Assine nossa Newsletter