Investigadores espanhóis descobrem nova estirpe do vírus num caso de reinfeção - Plataforma Media

Investigadores espanhóis descobrem nova estirpe do vírus num caso de reinfeção

Investigadores do serviço de Microbiologia e Doenças Infeciosas do Hospital Gregorio Marañón de Madrid descobriram que a reinfeção pelo novo coronavírus numa mulher teve origem numa estirpe diferente do SARS-CoV-2. A segunda infeção foi mais grave do que a primeira e a paciente necessitou de ser hospitalizada.

Apesar de já terem sido descobertos outros casos de reinfeção noutros hospitais, é a primeira vez que há um registo fiável de que “duas infeções independentes ocorreram na mesma pessoa”, salienta Darío García de Viedma, responsável pela descoberta e investigador no serviço de Microbiologia no centro de Madrid.

O estudo centra-se no caso de uma mulher que ficou infetada em abril, sendo que, quatro meses depois, surgiu a reinfeção. A segunda infeção foi considerada mais grave, o que resultou na sua hospitalização.

Artigos relacionados
Sociedade

Vacinas para bebés da Pfizer e Moderna são examinadas por especialistas nos EUA

ChinaPolítica

Escola em Hong Kong busca voluntários para se confinar antes de visita de Xi Jinping

Sociedade

A dura batalha na OMC para liberar as patentes das vacinas contra a covid

Sociedade

OMS defende investigação à teoria de acidente na origem da covid-19

Assine nossa Newsletter