Investigadores espanhóis descobrem nova estirpe do vírus num caso de reinfeção - Plataforma Media

Investigadores espanhóis descobrem nova estirpe do vírus num caso de reinfeção

Investigadores do serviço de Microbiologia e Doenças Infeciosas do Hospital Gregorio Marañón de Madrid descobriram que a reinfeção pelo novo coronavírus numa mulher teve origem numa estirpe diferente do SARS-CoV-2. A segunda infeção foi mais grave do que a primeira e a paciente necessitou de ser hospitalizada.

Apesar de já terem sido descobertos outros casos de reinfeção noutros hospitais, é a primeira vez que há um registo fiável de que “duas infeções independentes ocorreram na mesma pessoa”, salienta Darío García de Viedma, responsável pela descoberta e investigador no serviço de Microbiologia no centro de Madrid.

O estudo centra-se no caso de uma mulher que ficou infetada em abril, sendo que, quatro meses depois, surgiu a reinfeção. A segunda infeção foi considerada mais grave, o que resultou na sua hospitalização.

Artigos relacionados
SociedadeTimor-Leste

Timor-Leste deverá receber primeiras vacinas a partir de abril

MundoSociedade

Pandemia já matou quatro ministros no Zimbabué

PortugalSociedade

Portugal com novo máximo de mortes num dia com 11.721 casos de covid-19

ChinaSociedade

Wuhan completa 1 ano do primeiro confinamento contra o coronavírus

Assine nossa Newsletter