Governador de São Paulo diz que vacinação à Covid-19 deve iniciar em janeiro - Plataforma Media

Governador de São Paulo diz que vacinação à Covid-19 deve iniciar em janeiro

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) disse nesta quinta-feira (3) em entrevista à imprensa que a imunização da população de São Paulo contra a Covid-19 começará em janeiro e deve ser completada até fevereiro. O governo, no entanto, não apresentou um plano para como será a vacinação no início de 2021.

Doria disse ainda estar “indignado” com o plano de vacinação divulgado pelo governo federal na última terça (1º), com início previsto somente em março. “Se o Ministério da Saúde tiver juízo, competência e visão de que a vacina deve ser para todos os brasileiros poderá oferecer também poderá também oferecer para imunizar a população brasileira de SP e de outros estados do país.”

O estado de São Paulo, em parceria com o Instituto Butantan, possui acordo para importação e produção no país da vacina Coronavac, produzida pela empresa chinesa Sinovac.

A chegada de matéria-prima suficiente para a produção de 1 milhão de doses na manhã desta quinta se soma às 120 mil doses que já embarcaram no país. “Com mais este lote de vacinas já temos no Instituto Butantan 1,12 milhão de doses. Até a primeira quinzena de janeiro, teremos 46 milhões de doses disponíveis para a população de brasileiros do estado de SP”, afirmou o governador.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
MundoSociedade

Obama, Bush e Clinton oferecem-se para levar vacina contra covid-19 é provar que é segura

MundoSociedade

Contágios em África vão aumentar "exponencialmente" durante Natal e fim de ano

MundoPolítica

Covid-19: Putin quer iniciar vacinação "em larga escala" já na próxima semana

Assine nossa Newsletter