Juiz do Supremo exige que governo do Rio justifique operações policiais - Plataforma Media

Juiz do Supremo exige que governo do Rio justifique operações policiais

Mortes por intervenção policial triplicaram de setembro para outubro no Rio de Janeiro apesar da decisão do Supremo Tribunal Federal que restringiu as ações

aumento do número de mortes por intervenção policial no Rio em outubro, a despeito da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que restringiu as operações no estado durante a pandemia do novo coronavírus, levou o ministro do Supremo, Edson Fachin, a exigir respostas do governo fluminense.

Fachin determinou nesta quinta-feira (26) que o estado do Rio de Janeiro apresente os motivos para a realização das operações, com cópia dos ofícios encaminhados ao Ministério Público, assim como a descrição dos cuidados tomados durante as ações.

Ele também exigiu que a Promotoria se manifeste no prazo de cinco dias a respeito dos autos de investigação abertos para apurar as mortes que ocorreram em decorrência da atuação das polícias. O ministro determinou, ainda, a comunicação do despacho ao Conselho Nacional do Ministério Público, para que o órgão acompanhe o cumprimento da ordem do Supremo.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Sobe a ameaça de milícias e facções criminosas sobre o processo eleitoral do Rio e São Paulo

BrasilPolítica

Rejeição a Bolsonaro bate 50% em SP, e aprovação cai 6 pontos no Rio

Assine nossa Newsletter