Ordem abre processo a médica que ajudou a enganar testes à covid - Plataforma Media

Ordem abre processo a médica que ajudou a enganar testes à covid

O Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos (OM) abriu um processo disciplinar à médica que deu instruções sobre como ludibriar os testes à covid-19, apurou o JN. A profissional em causa é a fundadora do movimento “Médicos pela Verdade”.

Fonte oficial da OM confirmou que “há um processo disciplinar aberto à médica” Maria Margarida Oliveira, dos “Médicos pela Verdade”, levantado esta terça-feira. A mesma fonte destacou o empenho da Ordem em resolver este tipo de processos com “celeridade”.

Margarida Oliveira, médica anestesiologista, terá usado a aplicação Telegram para dar conselhos sobre a forma de forjar os resultados dos testes à covid-19, segundo noticiou o Observador na segunda-feira. A médica dava dicas de como uma pessoa positiva à covid-19 podia testar negativa.

A profissional visada terá de responder perante o Conselho Disciplinar Regional do Sul. Uma vez notificada, terá depois 20 dias para responder.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter