Rede de tráfico de falsos testes negativos descoberta em França - Plataforma Media

Rede de tráfico de falsos testes negativos descoberta em França

Seis​​​​​​​ homens e uma mulher, de 29 a 52 anos, são inculpados por fraude e falsificação de testes negativos à Covid-19, vendidos ilegalmente a passageiros no aeroporto de Roissy Charles-de-Gaulle.

Sete suspeitos foram detidos no aeroporto de Paris-Charles de Gaulle, em França, com “mais de 200 certificados falsos negativos” à Covid-19 que permitiram o embarque de passageiros em voos internacionais.

Seis homens e uma mulher, de 29 a 52 anos, são inculpados por fraude e falsificação de de testes negativos à Covid-19, vendidos ilegalmente a passageiros no aeroporto de Roissy Charles-de-Gaulle.

Segundo a procuradoria de Bobigny, a investigação permitiu o acesso aos telemóveis dos suspeitos, nos quais encontraram mais de 200 falsos testes negativos. Esses certificados falsificados vendidos no aeroporto permitiram a pessoas possivelmente contaminadas pelo vírus de embarcar em voos internacionais.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
AngolaSociedade

“Caçadores de óbito”, os truques para matar a fome em Luanda à custa dos funerais

PortugalSociedade

Hospitais portugueses já testam covid e gripe ao mesmo tempo

BrasilSociedade

Autópsia aponta suicídio como causa da morte do paciente voluntário da Coronavac

PortugalSociedade

Vacina da Pfizer. "90% é um bom número, mas a prova dos nove ainda vai a meio"

LifestyleMundo

'Geração digital': pela primeira vez, os filhos têm um QI inferior ao dos pais

Assine nossa Newsletter