China faz triagem em larga escala na província de Xinjiang após surto

China faz triagem em larga escala na província de Xinjiang após surto

A China lançou uma nova campanha de triagem em larga escala no noroeste do país, onde 137 casos de infeção por coronavírus foram detetados em Kashgar, indica a agência AFP

Os testes, que se iniciaram na noite de sábado, vão abranger 4,75 milhões de pessoas dentro e nos arredores de Kashgar, na província de Xinjiang, depois de um jovem trabalhador de uma fábrica têxtil testar positivo ao covid-19.

A China, país onde o coronavírus foi oficialmente detetado pela primeira vez no final de dezembro de 2019, antes de se espalhar pelo mundo, tem conseguido conter a pandemia no seu território com muitos testes, medidas de contenção e restrições de circulação, mas surtos locais têm surgido esporadicamente.

Os novos casos positivos, todos assintomáticos, estão ligados a uma fábrica no condado de Shufu, onde uma jovem e os seus pais trabalham, revelou a Comissão de Saúde de Xinjiang.

Até ao momento, mais de 2,8 milhões de amostras já tinham sido recolhidas na região afetada e os restantes testes estão programados para os próximos dois dias, adiantou o município local.

Kashgar – perto da fronteira com o Paquistão, Afeganistão, Tadjiquistão e Quirguistão – é uma cidade da Região Autônoma Uigur de Xinjiang.

Muitos uigures dizem ser alvo de perseguição política e religiosa pelas autoridades chinesas, o que Pequim tem vindo a negar sistematicamente.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 42,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Related posts
ChinaGrande Baía

O vírus mora aqui ao lado

ChinaMundo

Xinjiang: Embaixador nos EUA considera “genocídio uma mentira absoluta”

ChinaReligião

China “preparada” para receber representante da ONU para Direitos Humanos em Xinjiang

ChinaEconomia

Rei do ketchup japonês suspende importação de tomate oriundo de Xinjiang

Assine nossa Newsletter