Rotas criadas no Porto "são neste momento um prejuízo" para a TAP - Plataforma Media

Rotas criadas no Porto “são neste momento um prejuízo” para a TAP

As quatro rotas criadas no aeroporto do Porto, depois de o Estado “tomar uma posição mais assertiva” na TAP, “são neste momento um prejuízo” para a companhia aérea, garantiu esta quinta-feira o ministro das Infraestruturas e da Habitação.

Numa audição na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, no Parlamento, Pedro Nuno Santos disse que as quatro rotas criadas no aeroporto do Porto recentemente, para Amesterdão, Milão, Zurique e Ponta Delgada, estão com “46% da lotação em média” e são “neste momento um prejuízo para a TAP”.

O governante revelou também que está a ser estudado o reforço da frota da TAP Express/Portugalia, para operar, a partir de Porto e Faro, para outros aeroportos da Europa, em “ligações ponto a ponto”, para tentar que a TAP seja “mais competitiva”, nomeadamente face às companhias aéreas ‘low-cost’.

Leia mais em TSF

Related posts
Cultura

Ai Weiwei em Serralves, pela justiça ambiental

EconomiaPolítica

Ministro: Investigação à reestruturação da TAP vai dar mais "robustez jurídica"

Mundo

Violenta explosão no Porto do Dubai

AngolaSociedade

TAP reforça ligações a Luanda com terceiro voo a partir de sábado

Assine nossa Newsletter