Número de corais na Grande Barreira de Coral caiu para metade -

Número de corais na Grande Barreira de Coral caiu para metade

Alerta é feito pelo Centro de Excelência para o Estudo dos Recifes de Coral, entidade australiana que em 2018 já tinha alertado para o desaparecimento dos corais de superfície.

O número de corais na Grande Barreira de Coral, na Austrália, diminuiu mais de 50% desde os anos 1990, alerta um estudo divulgado esta terça-feira.

“Descobrimos que o número de corais pequenos, médios e grandes na Grande Barreira de Coral diminuiu mais de 50% desde os anos 90”, disse um dos autores do estudo, Terry Hughes, do ARC – Centro de Excelência para o Estudo dos Recifes de Coral (CoralCoE), uma entidade australiana que em 2018 já tinha alertado para o desaparecimento dos corais de superfície.

Andy Dietzel, também do CoralCoE e autor principal do estudo, salienta que ainda que existam muitos estudos ao longo dos séculos sobre mudanças na estrutura das populações humanas, ou das árvores, não há informação equivalente sobre as mudanças nas populações de corais.

“Medimos as mudanças de tamanho das colónias porque os estudos populacionais são importantes para compreender a demografia e a capacidade de reprodução dos corais”, justificou.

Por isso a equipa do CoralCoE avaliou as comunidades de coral e o tamanho das suas colónias ao longo da extensão da Grande Barreira de Coral (que compreende uma extensão de mais de 2.300 quilómetros na costa leste da Austrália), entre 1995 e 2017. E concluiu que há um esgotamento das populações de coral.

De acordo com Terry Hughes o declínio aconteceu tanto em águas pouco profundas como em águas mais profundas e “em praticamente todas as espécies,” mas “especialmente nas ramificações e nos corais em forma de mesa”.

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Mundo

Há cada vez mais baleias encalhadas na Austrália. Não há registo de um caso tão grave

MundoSociedade

Baleia-corcunda ficou presa num rio cheio de crocodilos

MundoSociedade

Diretor de empresa mineira demite-se após destruição de cavernas pré-históricas na Austrália

EconomiaMundo

Austrália entra em recessão após 30 anos de crescimento

Assine nossa Newsletter