Johnson & Johnson suspende ensaios de sua vacina contra Covid-19 por participante doente

Johnson & Johnson suspende ensaios de sua vacina contra Covid-19 por participante doente

A americana Johnson & Johnson informou nesta segunda-feira (12) que suspendeu temporariamente seu ensaio clínico da vacina contra covid-19 porque um de seus participantes ficou doente. 

“Interrompemos temporariamente a administração de novas doses em todos os nossos ensaios clínicos da vacina covid-19, incluindo o ensaio ENSEMBLE de fase 3, devido a uma doença inexplicada em um participante do estudo”, afirmou a empresa em um comunicado. 

A pausa significa que o sistema de inscrição online foi fechado para o ensaio clínico de 60.000 pacientes, enquanto o comité independente de segurança do paciente é convocado.

A J&J disse que efeitos adversos sérios eram “uma parte esperada de qualquer ensaio clínico, especialmente um grande”.

Com base nas diretrizes da empresa, eles podem interromper um estudo para determinar se o efeito adverso foi devido ao medicamento em questão e se o estudo pode ser retomado. 

A fase 3 do estudo da Johnson & Johnson começou a recrutar voluntários no final de setembro, com uma meta de inscrever até 60.000 participantes em mais de 200 locais nos Estados Unidos e em todo o mundo. 

Os outros países onde os testes foram realizados são Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e África do Sul.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
ChinaSociedade

Covid-19: China defende a sua gestão após críticas de especialistas

Brasil

Vacinação no Brasil: 16 estados já começaram; 11 iniciam imunização nesta terça

LifestyleMundo

Viveu três meses em aeroporto dos EUA porque tinha medo da covid-19

PolíticaPortugal

Proibida venda ou entrega ao postigo exceto comida e permanência em jardins

Assine nossa Newsletter