Portugal encontra "incumprimento" nas auditorias ligadas a Isabel dos Santos - Plataforma Media

Portugal encontra “incumprimento” nas auditorias ligadas a Isabel dos Santos

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) fez 10 ações de supervisão junto de nove auditores que auditaram as contas de 27 entidades com ligações a Isabel dos Santos.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) vai enviar ao Ministério Público indícios que encontrou na supervisão que efetuou junto de auditores de entidades ligadas ao caso Luanda Leaks e a Isabel dos Santos.

O supervisor dos auditores começou, no início deste ano, ações de supervisão na sequência de notícias sobre o escândalo que envolve a filha do antigo presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.

A CMVM conduziu 10 ações de supervisão junto de nove auditores que auditaram as contas de 27 entidades “onde foram identificados indícios de incumprimento da Lei n.º 83/2017, de 18 de agosto e da Lei n.º 25/2008, de 5 de junho, relativas à prevenção e combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento do terrorismo”. “Neste âmbito, foram incluídos 84 dossiês de auditoria”, refere a CMVM no seu relatório anual de supervisão de auditoria.

“Até à presente data foram concluídas as ações de supervisão relativas a 4 auditores [5 ações de supervisão]”, destaca o polícia da bolsa. As ações de supervisão sobre os restantes 5 auditores ainda estão em curso.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Unitel cobra dívidas a Isabel dos Santos

AngolaEconomia

Unitel abre processo em Londres para recuperar dívida de mais de 350 ME a Isabel dos Santos

AngolaSociedade

Isabel dos Santos pediu força no funeral do marido

AngolaSociedade

Morte de Sindika Dokolo não foi "ato criminoso"

Assine nossa Newsletter