Ataque de dissidentes da RENAMO faz dois mortos e quatro feridos graves no centro de Moçambique - Plataforma Media

Ataque de dissidentes da RENAMO faz dois mortos e quatro feridos graves no centro de Moçambique

Pelo menos duas pessoas morreram e quatro ficaram gravemente feridas, entre elas duas crianças, num ataque armado realizado pela autoproclamada Junta Militar da RENAMO, contra carrinhas de transporte de passageiros, numa estrada rural da província de Manica, este domingo, afirma a Polícia da República de Moçambique (PRM).

“Das emboscadas que incidiram contra viaturas particulares e semi-colectivos de passageiros, ao longo da estrada número regional 260, que liga Chimoio a Mossurize, resultaram dois mortos e quatro feridos”, revelou Mateus Mindu, porta-voz das autoridades ao Voa Português.

A Junta Militar, liderada por Mariano Nhongo, contesta a liderança de Ossufo Momade na RENAMO, e exige a renegociação do recente acordo de paz assinado entre o Governo e o partido.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MoçambiquePolítica

Governo moçambicano diz que Renamo tem “dever patriótico” de trazer dissidentes à paz

MoçambiquePolítica

Líder da Junta Militar da RENAMO disposto a negociar com o Governo moçambicano

MoçambiquePolítica

Enviado especial da ONU diz que 25% de guerrilheiros da Renamo já foram desmobilizados

MoçambiquePolítica

Terceira força política em Moçambique diz-se vítima de violência política da Frelimo

Assine nossa Newsletter