Virologista diz que idosos não podem ser condenados a prisão perpétua -

Virologista diz que idosos não podem ser condenados a prisão perpétua

O virologista João Vasconcelos Costa considera que os surtos de covid-19 nos lares são o “grande problema” neste momento, mas alertou que os idosos não podem ser “condenados a prisão perpétua” devido às medidas de contenção do vírus.

Em entrevista à agência Lusa, o investigador defendeu que tem de haver “medidas muito rigorosas” para impedir surtos nos lares, mas estas devem ser ponderadas com “as perturbações gravíssimas” na sua saúde física e psicológica.

João Vasconcelos Costa disse concordar com as declarações do primeiro-ministro, António Costa, de não se poder deixar que os idosos nos lares fiquem sem as visitas dos seus entes queridos, nem “separar as famílias no Natal” como aconteceu na Páscoa, mas questionou como se pode conjugar isso com a pandemia.

Conjugar a proteção dos idosos com o seu bem-estar “tem de ser uma das grandes prioridades do sistema de proteção epidemiológica neste momento“, porque, afirmou: “não podemos condenar os nossos velhos a prisão perpétua”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter