GNR encontrou cem pessoas em danceteria de Gaia - Plataforma Media

GNR encontrou cem pessoas em danceteria de Gaia

Regras de combate à pandemia impediam abertura do espaço. Em Canelas, as portas estavam abertas e os clientes marcavam presença. A GNR foi alertada e o proprietário foi detido.

Uma danceteria localizada em Canelas, Vila Nova de Gaia, mantinha as portas abertas, apesar das regras que, devido à pandemia da covid-19, obriga ao encerramento deste tipo de estabelecimento de diversão noturna. Esta quarta-feira, a GNR encontrou cerca de cem pessoas a dançar no interior do espaço, que foi imediatamente encerrado. O proprietário da danceteria foi detido pelo crime de desobediência.

Segundo o JN apurou, já havia várias denúncias a dar conta que, apesar da proibição decretada pelo Governo no âmbito do atual estado de contingência, a danceteria continuava a funcionar. No entanto, as várias diligências levadas a cabo pela Guarda ao longo dos últimos dias não confirmaram as suspeitas. Até à noite desta quarta-feira, quando um militar da GNR infiltrou-se no espaço, fazendo-se passar por cliente.

Lá dentro, confirmou que cerca de cem pessoas estavam, depois de ali terem jantado, a dançar ao som de música tocada e cantada ao vivo, violando as regras impostas pelo combate à covid-19.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter