Protecção ambiental adia metas para redução de plásticos - Plataforma Media

Protecção ambiental adia metas para redução de plásticos

A Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental afasta, “por enquanto”, definir metas para a redução do uso de produtos descartáveis de plástico em Macau.

Numa resposta ao deputado Sulu Sou, os Serviços de Protecção Ambiental argumentam que “existem diferentes opiniões na sociedade sobre a implementação de medidas restritivas, pelo que o Governo deve equilibrar e ponderar” a eficácia das proibições.

Para o Executivo, “elevar a sensibilização (…) é a forma mais eficaz para promover práticas mais amigas do ambiente”.

Ainda que, “por enquanto, não haja uma meta de redução, continuará a proceder-se à revisão dos trabalhos relacionados”, afirmam os Serviços de Protecção Ambiental.

Leia mais em TDM

Artigos relacionados
Cabo VerdeSociedade

Cabo Verde entra para a reserva mundial da Biosfera

ChinaEconomia

China iniciou o quinto plenário com a economia e a relação com os EUA em foco

AngolaSociedade

Combustível de navio espanhol afundado pode causar catástrofe ambiental

EconomiaMundo

Membros da UE adotam plano de biodiversidade, ONGs estão prudentes

Assine nossa Newsletter