Quem quer ser rainha tem de ser soldado - Plataforma Media

Quem quer ser rainha tem de ser soldado

Elisabeth da Bélgica começou neste ano letivo os estudos na Escola Real Militar, Victoria da Suécia fê-lo antes e Leonor de Espanha também o deverá fazer. Isabel II foi a primeira. A Europa prepara-se para ser governada por rainhas e “conhecer os militares da sua geração” tem de fazer parte do currículo.

Elisabeth, herdeira ao trono dos belgas mas soldado sem direito a queimar etapas, apresentou-se no último dia de agosto, primeiro do novo ano letivo, no campo militar de Eisenborn para começar a PIM – phase d’nitiation militaire, isto é, a recruta – primeiro passo para quem quer frequentar a Escola Real Militar (ERM) da Bélgica. Dentro de quatro semanas, já com a boina azul, participará na abertura solene do ano académico da ERM – um desfile na Esplanada do Cinquentenário, em Bruxelas.

É a primeira mulher da família real da Bélgica a ingressar na Escola Real Militar e vai frequentar o curso de Ciências Sociais e Militares, em flamengo. É o mesmo curso que o pai frequentou quando, ele próprio, fazia a sua formação para um dia se tornar rei.

A primogénita duquesa de Brabant, que completa 19 anos a 25 de outubro, passou os últimos dois anos na UWC Atlantic College, no País de Gales, a mesma por onde passou a rainha emérita de Espanha, Sofia, Guilherme da Holanda e Carlos de Inglaterra.

A passagem pela Escola Real Militar, uma instituição com 20% de mulheres entre os alunos e uma general ao comando, Lutgard Claes, será a primeira formação superior da futura rainha dos belgas no seu país e mereceu um comunicado da instituição. “Os estudantes congratulam-se com a chegada da princesa herdeira e reservam-lhe um acolhimento caloroso. Os alunos, os professores e os funcionários da ERM farão igualmente todo o possível para lhe dar um ano de enriquecimento académico.” O currículo do curso inclui comunicação e relações internacionais, geopolítica, liderança e trabalho em grupo, assim como gestão.

Leia mais em Diário de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Related posts
Lifestyle

Princesa Charlene e a ‘maldição’ dos Grimaldi

Lifestyle

Elizabeth II não comparece a cerimónia oficial por motivos de saúde

Lifestyle

Audiência do príncipe Andrew por agressão sexual será a 4 de janeiro

Lifestyle

Rainha Elizabeth II cancela 'com pesar' sua participação na COP26

Assine nossa Newsletter