Vénus é um planeta russo? Moscovo diz que sim - Plataforma Media

Vénus é um planeta russo? Moscovo diz que sim

Chefe do programa especial russo diz que Vénus é um planeta russo e que o país tem planos para organizar a sua própria missão para investigar a possibilidade de vida.

Dmitry Rogozin, chefe da agência espacial russa Roscosmos, revelou que o país planeia enviar a sua própria missão a Vénus, para além de “Venera-D”, a missão conjunta organizada com os EUA.

Segundo a agência de notícias russa Tass, Rogozin fez a revelação na terça-feira quando falava aos jornalistas na exposição HeliRussia 2020, uma exposição internacional da indústria de helicópteros em Moscovo. “Retomar a exploração de Vénus está na nossa agenda”, disse.

“Consideramos que Vénus é um planeta russo, por isso não devemos ficar para trás”, acrescentou o responsável, recordando o programa Venera (que significa Vénus em russo), desenvolvido entre 1961 e 1984, que enviou 16 sondas exploratórias ao planeta. Em 1970 a Venera 7 foi a primeira sonda a aterrar em Vénus, sobrevivendo durante 23 minutos até se perder o contacto. A Venera 9 obteve a primeira, e a única até agora, imagem da superfície venusiana da perspetiva do nível do solo.

Leia mais em Diário de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
AngolaMundo

Rússia quer construir fábrica de vacinas em Angola

MundoSociedade

Agentes da inteligência militar russa acusados nos EUA por ataques cibernéticos

MoçambiqueMundo

Ministros dos Negócios Estrangeiros da UE debatem Moçambique, Bielorrússia e Rússia

MundoPolítica

Arménia bombardeia Azerbaijão antes do cessar-fogo em Nagorno-Karabakh

Assine nossa Newsletter