Bielorrússia fecha fronteiras e coloca exército em alerta - Plataforma Media

Bielorrússia fecha fronteiras e coloca exército em alerta

O presidente da Bielorrússia, alvo de seis semanas de protestos em massa exigindo a sua renúncia, anunciou que vai colocar as tropas em alerta máximo e fechar as fronteiras do país com a Polónia e Lituânia.

A decisão de Alexander Lukashenko reforça a repetida mensagem de que a vaga de protestos é impulsionada pelo ocidente, já que enfrenta duras críticas da União Europeia e dos Estados Unidos.

“Somos forçados a retirar as tropas da rua, colocar o exército em alerta máximo e fechar as fronteiras no oeste, principalmente com a Lituânia e Polónia”, afirmou Lukashenko, num fórum oficial de mulheres celebrado em Minsk.

Lukashenko disse ainda que a fronteira da Bielorrússia com a Ucrânia vai ser fortalecida.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter