UNESCO pede clarificação sobre construções próximas do Farol

UNESCO pede clarificação sobre construções próximas do Farol

A UNESCO diz ter pedido clarificações à China sobre questões levantadas pelo Grupo para a Salvaguarda do Farol da Guia. Em causa, “a construção de edifícios de altura elevada nas proximidades” do farol, monumento classificado pela UNESCO como património mundial

É o que se lê na resposta da agência das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, a que a TDM – Rádio teve acesso.

O documento surge cerca de três meses depois de o Grupo para a Salvaguarda do Farol da Guia ter alertado a UNESCO para “duas questões críticas que continuam por resolver na salvaguarda da integridade visual e dos corredores visuais” do farol.

Por um lado, a “necessidade urgente de reduzir a altura de um prédio de contrução inacabada na Calçada do Gaio”, e, por outro, o facto de o limite de 90 metros ao longo da Avenida do Dr. Rodrigo Rodrigues ser “inadequado para proteger a integridade visual do farol e os corredores visuais”.

Leia mais em TDM

Este artigo está disponível em: English

Related posts
Cabo VerdeSociedade

Salinas na cratera do vulcão em Cabo Verde querem ser património da UNESCO

MacauSociedade

Nam Van: UNESCO analisa preocupações da Novo Macau

Eleitos

Quanto vale afinal o nosso Património Mundial?

AngolaCultura

UNESCO elogia Angola pela protecção de Mbanza Kongo

Assine nossa Newsletter