IA: Conheça um compositor que não precisa de pausas - Plataforma Media

IA: Conheça um compositor que não precisa de pausas

O compositor da música que marca o 22º aniversário do Grande Teatro de Xangai não é, para dizer o mínimo, um graduado do conservatório habitual. Mais parece algo saído de ficção científica.

Em uma primeira, o teatro encomendou uma canção de aniversário escrita por uma máquina. A música “Hope” foi uma criação conjunta de um sistema de inteligência artificial chamado Xiaoice e o cantor pop e produtor Zhu Jingxi, que cantou a música em sua apresentação pública na semana passada.

Xiaoice, um sistema de IA desenvolvido pela Microsoft, conta com uma estrutura de computação emocional baseada em algoritmos, computação em nuvem e Big Data. Ele tem seu próprio avatar na tela – uma aluna. Sua função de composição começou a ser desenvolvida há quatro anos. Nesta fase, Xiaoice pode compor músicas de diversos gêneros, do pop e folk ao eletrónico.

Leia mais em Shanghai Daily

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter