As vozes extremas

As vozes extremas

Liu Yu, professora associada que trabalha para o Departamento de Política da Universidade de Tsinghua, explicou numa entrevista recente porque considera que as “vozes extremas” são mais inflamatórias.

“As vozes extremas não são necessariamente mais comercializáveis, são apenas mais combativas”, diz Liu, “Porque quanto mais extrema é a voz, mais clara e apaixonada é, e é fácil formar a ideia de grupos de pares. Uma vez formado um grupo, mesmo que seja um grupo informalmente organizado, desde que formem um impulso de movimento coletivo, a sua força crescerá geometricamente”, explicou Liu Yu.

Leia mais em chinês no PLATAFORMA.

*Jornalista

Este artigo está disponível em: English 繁體中文

Artigos relacionados
ChinaOpinião

Ainda nos lembramos de Li Wenliang

ChinaEconomia

A transmissão ao vivo está a tornar-se mais racional

ChinaOpinião

Areia arrastada pela corrente

MacauOpinião

Segundo trimestre de 2020, o momento mais sombrio para a indústria do jogo em Macau?

Assine nossa Newsletter