Fiscais interditam 75 bares e restaurantes em São Paulo - Plataforma Media

Fiscais interditam 75 bares e restaurantes em São Paulo

Na 1ª semana de horário estendido em São Paulo, o distrito com mais comércios fechados na capital paulista é o de Campo Limpo, na zona sul. Os estabelecimentos ão obrigados a fechar até às 22h.

Fiscais da Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), interditaram em uma semana ao menos 79 bares e restaurantes da capital paulista, que desrespeitaram o decreto que limita o horário de fechamento, que desde a última quinta-feira (6) é até as 22h.

A extensão do horário de abertura de bares e restaurantes foi anunciada pelo governador João Doria (PSDB), no último dia 5, após pressão de empresários do setor, que reclamavam de terem de interromper o atendimento às 17h. Os estabelecimentos, porém, não podem abrir mais do que seis horas diárias, mesmo que funcionem em horário intercalado.

Desde então, o dia com mais interdições de bares e restaurantes foi o sábado (8), com 32 casos, seguido pela sexta-feira (7), com 26 estabelecimentos fechados, e o domingo (9), com 17, de acordo com a gestão Covas.

A região de Campo Limpo (zona sul) lidera as interdições, com nove comércios fechados no fim de semana, seguido por oito em Itaquera (zona leste), sete em Pirituba e seis na Brasilândia, ambos na zona norte.

Mais quatro locais forma interditados pelo governo municipal nesta terça-feira (11) em Pinheiros (zona oeste), em decorrência de “irregularidades cometidas no fim de semana”, não especificadas pela prefeitura.

Assine nossa Newsletter