Ativista alerta para restrições à liberdade de imprensa em Macau - Plataforma Media

Ativista alerta para restrições à liberdade de imprensa em Macau

O activista Jason Chao alertou hoje para o perigo de Macau vir a sofrer limitações à liberdade de imprensa.

O antigo presidente da Associação Novo Macau defendeu que não se pode isolar Macau das políticas chinesas, nem do que acontece em Hong Kong, referindo-se às buscas ao jornal Apple Daily e à detenção do proprietário, Jimmy Lai, acusado de conluio com forças externas ao abrigo da nova lei de segurança nacional.

Jason Chao acredita que é elevada a probabilidade de as autoridades adoptarem a mesma atitude com os media de Macau: “É muito provável que as autoridades de Macau ou as autoridades da China apertem o controlo dos media. Também estou um pouco preocupado com os media em línguas inglesa e portuguesa, que podem estar a ser cozinhados em lume brando. Neste momento, têm uma relativa liberdade de noticiar o que quiserem, mas, mais cedo ou mais tarde, estou preocupado que lhes tirem a liberdade. Por aquilo que percebi, o governo chinês não ficou contente com a cobertura de Hong Kong por parte dos media em inglês e português”.

Leia mais em TDM

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter