João Lourenço quer Código mais duro com crimes cometidos em funções públicas - Plataforma Media

João Lourenço quer Código mais duro com crimes cometidos em funções públicas

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, solicitou hoje à Assembleia Nacional a reapreciação de artigos específicos do Código de Processo Penal, relacionados com os crimes cometidos no exercício de funções públicas.

Segundo uma nota da presidência, o Chefe de Estado recebeu há dias a Lei do novo Código de Processo Penal para promulgação e fez chegar hoje ao presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Santos “Nandó”, uma carta a partilhar “reflexões e preocupações” sobre o diploma, solicitando a reapreciação de algumas das disposições.

As questões levantadas pelo Chefe do Executivo estão relacionadas com os “valores da probidade no exercício de funções públicas e do compromisso nacional com a prevenção e o combate à corrupção”. João Lourenço considerou que a perspetiva apresentada pelo novo Código de Processo Penal “pode não estar alinhada com a visão actual e transmitir uma mensagem equívoca quanto aos crimes cometidos no exercício de funções públicas”.

Em causa estão “os artigos 357.º e seguintes, em particular os crimes de participação económica em negócio, tráfico de influências e corrupção no sector político”, que embora obedeçam às diretrizes gerais da reforma da política criminal, “paradoxalmente tendem a estabelecer sanções menos gravosas do que as previstas no Código Penal ainda vigente”.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Presidente da República conta com conselheiros para as “melhores soluções”

AngolaEconomia

João Lourenço afirma que a produção interna é a “única saída” de Angola

AngolaPolítica

João Lourenço: O desafio de fazer uma Angola melhor

AngolaEconomia

Oito em cada 10 angolanos dão nota negativa ao Governo de João Lourenço

Assine nossa Newsletter