União Monetária da África Ocidental entrega cerca de 1,5 ME à Guiné-Bissau - Plataforma Media

União Monetária da África Ocidental entrega cerca de 1,5 ME à Guiné-Bissau

A União Económica Monetária da África Ocidental (UEMOA) entregou à Guiné-Bissau cerca de 1,5 milhões de euros para a compra de equipamentos sanitárias no âmbito do combate ao novo coronavírus.

O donativo foi entregue ao Alto-Comissário da Luta contra a covid-19, Aladje Baldé, por Joãozinho Mendes, comissário da UEMOA encarregado do mercado regional e cooperação.

Uma parte do apoio foi dada em materiais e a outra em cheque.

Joãozinho Mendes destacou que o gesto da UEMOA para com a Guiné-Bissau se enquadra no âmbito de apoios que a organização está a dar a todos os oito países do bloco.

“Este apoio é no âmbito da solidariedade e complementaridade que são os símbolos da UEMOA”, observou o jurista guineense Joãozinho Mendes, sublinhando ser uma resposta da organização às decisões da última conferência de chefes de Estado e de Governo do bloco, realizada em 27 de abril, por videoconferência.

Fazem parte da UEMOA, Guiné-Bissau, Burkina-Faso, Benim, Costa do Marfim, Mali, Níger, Senegal e Togo.

A Guiné-Bissau regista mais de 2.000 casos acumulados de covid-19, incluindo 27 vítimas mortais.

Assine nossa Newsletter