Álcool-gel pode incendiar-se no carro? - Plataforma Media

Álcool-gel pode incendiar-se no carro?

Deco Proteste diz que não há risco de incêndio em deixar o produto no carro ao sol, mas desaconselha porque pode evaporar.

O alerta foi lançado por um tabloide britânico, citado por um jornal nacional: o álcool-gel deixado no carro, sujeito a calor, poderia incendiar-se ou até provocar uma explosão. A Deco Proteste garante que se trata apenas de “uma notíca falsa a juntar tantas outras neste tempo de pandemia”. Em todo o caso, adverte que “não se deve deixar este desinfetante na viatura, pois pode evaporar-se”.

A revista da Associação de Defesa do Consumidor explica , para quem tiver dúvidas, que o álcool-gel não pega fogo sozinho dentro do carro, mesmo que exposto ao sol. “O ponto de autoignição do etanol (o principal componente do álcool-gel), a partir do qual poderia começar a arder sozinho, é de 455ºC. O líquido teria de atingir esta temperatura para arder sem ser necessária qualquer fonte de ignição”. Ora, a temperatura no habitáculo de um automóvel, mesmo nos dias mais quentes de verão, raramente vai além dos 65ºC.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter