Encomenda brasileira inaugura zona chinesa de comércio eletrónico - Plataforma Media

Encomenda brasileira inaugura zona chinesa de comércio eletrónico

 A Zona Piloto Abrangente de Comércio Eletrónico Transfronteiriço de Xuzhou, na província de Jiangsu, no leste da China, anunciou a primeira exportação, com destino ao Brasil.

Num comunicado, a administração da zona anunciou que já seguiu do Aeroporto Internacional Capital de Pequim para o Brasil uma remessa de peças para escavadoras no valor de 14.600 yuan (cerca de 1.800 euros).

As peças foram produzidas por uma subsidiária do grupo industrial chinês Xuzhou Construction Machinery Group Co. Ltd (XCMG) e encomendadas através da plataforma chinesa de comércio eletrónico Haitaotu.

O Conselho de Estado chinês aprovou em dezembro passado a criação da zona de comércio eletrónico em Xuzhou, que entrou em funcionamento em 29 de maio.

Este é o primeiro projeto do género na Zona Económica de Huaihai, que abrange 20 cidades das províncias chinesas de Shandong, Jiangsu, Henan e Anhui, refere a imprensa chinesa.

A administração da zona lembra que, a partir de 01 de julho, a Administração Geral das Alfândegas da China aplicou medidas para facilitar o comércio eletrónicos transfronteiriço entre empresas.

O XCMG inaugurou em julho passado o Banco XCMG S.A. em Pouso Alegre, no sul do estado brasileiro de Minas Gerais, município onde o grupo chinês já opera um parque industrial desde 2015.

Assine nossa Newsletter