Zé Pedro para sempre. Tributo a "rocker" chega ao cinema

Zé Pedro para sempre. Tributo a “rocker” chega ao cinema

Recordar Zé Pedro dos Xutos com um documentário filmado com o coração nas mãos. Diogo Varela Silva, cineasta ligado ao fado, oferece-nos Zé Pedro Rock n’ Roll, tributo a um “rocker” consensual. Estreia esta quinta-feira nos cinemas.

Um documentário muito “lá de casa” sobre Zé Pedro, guitarrista e fundador dos Xutos. Zé Pedro Rock n’ Roll é feito com a correção de um amigo e para os amigos do músico. O truque para a coisa resultar é ter essa perceção que todos em Portugal eram “amigos” dele. O retrato de Diogo Varela Silva, um sobrinho “adotado” do músico, estreia esta semana nos cinemas. Foi o título mais mediatizado do DocLisboa de 2019.

São 110 de minutos de tributo a Zé Pedro, puro e duro. Sem medos nem preconceitos disso mesmo: homenagear o homem e o músico. Trata-se de uma série de histórias em torno de uma figura fundamental no crescimento do rock português. Um homem que viveu segundo os princípios da mais cordial conduta punk: a liberdade. Da infância à sua morte. O documentário examina o segredo de um ícone que nunca acreditou ser “cota” e cujo “o amor era a coisa mais importante”.

Os depoimentos de colegas e amigos estão captados com uma ordem algo televisiva, mas nada que impeça Zé Pedro Rock n’ Roll de traçar o perfil de uma espécie de santo da música, o tal “gajo porreiro” cujo carisma apaixonava tudo e todos.

Pela proximidade com Zé Pedro, Diogo Varela Silva, cineasta que ainda tem para estrear Alfama em Si (longa-metragem cantada em fado), consegue uma tocante intimidade com o tema, convidando o espetador a participar na tertúlia e em todo um jogo de afetos numa informalidade das palavras dos entrevistados. 

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
CulturaMacau

Max Manos, a boysband que procura um estilo próprio

Cultura

Cinemateca Portuguesa vai liderar projeto europeu de educação fílmica com apoio da UE

CulturaPortugal

Não foram dois, nem quatro. Ana Rocha de Sousa venceu seis prémios em Veneza

CulturaMundo

Filme distribuído na Netflix acusado de sexualizar crianças

Assine nossa Newsletter