Transmissão local predomina em Moçambique - Plataforma Media

Transmissão local predomina em Moçambique

A transmissão local é a forma predominante de propagação do novo coronavírus em Moçambique e a maioria das pessoas infectadas é assintomática, de acordo com a última análise epidemiológica feita pelas autoridades de Saúde.

A análise baseia-se nos dados mais recentes, divulgados na segunda-feira, se-gundo os quais o país acumula desde Março 1.701 casos positivos, 11 óbitos e 596 recuperados.

“A transmissão local é a forma predominante de propagação do vírus SARS-CoV-2 em Moçambique, sendo, por isso, de extrema importância a adopção contínua das medidas de prevenção”, alerta o Instituto Nacional de Saúde.
Em Moçambique “o número de casos, de hospitalizações e de óbitos devido à Covid-19 regista um crescimento gradual, mas menos acentuado que em outros países da região”, acrescenta.

Dos 1.701 casos positivos já registados até ontem, os portadores do vírus sem sintomas representam mais de metade (58por cento), seguindo-se os que tiveram sintomas leves (34 por cento). Há ainda 7 por cento com sintomas moderados e apenas 1 por cento com sinto-mas graves.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
ChinaSociedade

China detectou trinta novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Mundo

Coreia do Norte levanta ordem de confinamento em Kaesong

BrasilSociedade

Governo do Amazonas distribui máscaras gigantes e não escapa a piadas

FuturoMundo

Coronavírus são comuns entre morcegos e ratos vendidos como alimento, revela estudo

Assine nossa Newsletter

Vale a pena ler...
Mentor de roubo milionário está escondido em Macau