Queda deixa Miguel Oliveira em 13.º lugar no Mundial de MotoGP

Queda deixa Miguel Oliveira em 13.º lugar no Mundial de MotoGP

Miguel Oliveira não desistia devido a queda desde o GP da Grã-Bretanha de 2019, a 25 de agosto.

Uma queda logo na primeira curva, após o toque de um adversário, deixou este domingo o português Miguel Oliveira (KTM) fora do Grande Prémio (GP) da Andaluzia de MotoGP. A prova foi vencida pelo francês Fabio Quartararo (Yamaha), líder do campeonato.

Saindo do quinto lugar da grelha – a melhor posição da carreira na categoria rainha -, Miguel Oliveira perdeu duas posições no arranque. No entanto, seria o companheiro da KTM, o sul-africano Brad Binder, a provocar a queda. Um toque na traseira da RC16 do piloto português, que caiu para o 13.º lugar do Mundial de velocidade de motociclismo.

Miguel Oliveira não desistia devido a queda desde o GP da Grã-Bretanha de 2019, a 25 de agosto. Nessa altura, foi também o toque de um piloto KTM (o francês Johan Zarco) a provocar a queda. Nessa queda, lesionou o ombro direito do piloto luso.

O piloto de Almada sofreu ainda uma queda nos treinos do GP da Austrália, que piorou a lesão no ombro. Nessa altura, a queda pôs um ponto final antecipado na temporada de estreia na categoria rainha do motociclismo mundial.

Leia mais em O Jogo

Related posts
DesportoPortugal

Miguel Oliveira "super contente com o pódio" no GP da Alemanha de MotoGP

Desporto

Miguel Oliveira vence Grande Prémio da Catalunha

DesportoPortugal

Miguel Oliveira acredita que chuva pode ajudar a equilibrar contas no GP de França de MotoGP

Desporto

"É um resultado duro de aceitar"

Assine nossa Newsletter