Polícia angolana coloca 50 ex-delinquentes no mercado de trabalho - Plataforma Media

Polícia angolana coloca 50 ex-delinquentes no mercado de trabalho

O comando da polícia nacional e a administração municipal de Talatona, no âmbito da governação de proximidade com as comunidades, tem primado pela campanha de sensibilidade e desencorajamento contra actos de criminalidade dentro da comunidade, que resultou no abandono de 50 jovens do mundo crime e integração no mercado de trabalho, para além de oferta de formação técnica profissional

A cooperação entre os dois órgãos fez a que 50 jovens que praticavam vários tipos de crimes, com recurso a armas de fogo do tipo AKM, pistola, mini star, bem como armas brancas, se apresentassem voluntariamente às unidades policiais, com as armas e seus encarregados de educação.

Foi feita a promessa de deixarem o mundo do crime, segundo Nestor Goubel, do gabinete provincial de comunicação e imagem da PN, facto que comoveu a sociedade e levou a que um grupo de empresários oferecesse motas para os mesmos exercerem serviço de táxi, enquanto outro ofereceu cursos técnicos.

Nestor Goubel apelou aos jovens que ainda se encontram no mundo do crime para que abandonem, já que não compensa e a população está cansada das más acções dos marginais. “Se o delinquente madruga o polícia não dorme, nós estamos atentos, assim como o meliante é tratado na medida da ameaça que ele apresenta”, disse.

Leia mais em O País

Artigos relacionados
BrasilEconomia

Guedes diz que Brasil “volta aos trilhos” com criação de empregos

AngolaSociedade

Covid-19: Professores retidos em Luanda começam a ser testados em breve

AngolaSociedade

Uso da máscara é uma barreira para pessoas surdas em Angola

AngolaEconomia

João Lourenço afirma que a produção interna é a “única saída” de Angola

Assine nossa Newsletter

Vale a pena ler...
“CPLP devia ajudar a mobilizar apoios internacionais” para Cabo Delgado