Funcionários de embaixada em Washington foram ameaçados de morte, acusa China - Plataforma Media

Funcionários de embaixada em Washington foram ameaçados de morte, acusa China

A China afirmou nesta quinta-feira (23) que funcionários da embaixada de Washington foram ameaçados de morte e acusa o governo dos Estados Unidos de criar um “clima de ódio” contra os representantes chineses no país.

“Na sequência dos insultos e do ódio alimentados pelo governo norte-americano, a Embaixada da China recebeu ameaças de atentados e de mortes”, escreveu em sua conta no Twitter um dos porta-vozes do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying.   

A denúncia ocorre um dia depois do governo dos EUA anunciar o fechamento do consulado chinês em Houston, no Texas, dando 72 horas para os funcionários deixarem o local. Segundo o Departamento de Estado, o encerramento das atividades na representação diplomática é uma forma de “proteger a propriedade intelectual norte-americana e as informações privadas”.   

A embaixada confirmou a fala de seu porta-voz e publicou uma dura nota oficial contra o governo norte-americano.

Leia mais em Istoé

Este artigo está disponível em: English 繁體中文

Related posts
MundoPolítica

Promotores acusam partidários de Trump que invadiram o Capitólio de 'rebelião armada'

Política

Biden anunciará mais sanções contra o Irão por repressão de protestos

MundoPolítica

Vice americana chega à Coreia do Sul após teste de mísseis do Norte

FuturoSociedade

Missão cumprida: nave da NASA choca com asteróide para desviá-lo da Terra

Assine nossa Newsletter